Focus: projeção do mercado para inflação sobe a 8,35% em 2021

turned on monitor displaying frequency graph

Com a projeção para a inflação cada vez mais alta, o mercado também segue subindo a expectativa para a taxa básica de juros Os analistas do mercado financeiro seguem elevando as projeções para a inflação tanto em 2021 como 2022. Para este ano, a mediana das previsões para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor … Continuar lendo Focus: projeção do mercado para inflação sobe a 8,35% em 2021

Mercado financeiro eleva projeção de inflação para 7,11%

pexels-photo-7990980.jpeg

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano subiu de 7,05% para 7,11%. É a vigésima elevação consecutiva na projeção. A estimativa está no boletim Focus de hoje (23/08). Para 2022, a estimativa de inflação é de 3,93%. Para 2023 e 2024, as previsões são de … Continuar lendo Mercado financeiro eleva projeção de inflação para 7,11%

Ata do Copom diz que cenário não permite hipótese de cortar juros

Em ata da reunião realizada na quarta-feira passada (27), o Copom (Comitê de Política Monetária) disse que o cenário atual não permite que se trabalhe com a hipótese de flexibilização monetária. Ou seja, o corte de juros tão aguardado pelo mercado não deve ocorrer tão cedo. Conforme mostra a ata, o comitê se comprometeu a … Continuar lendo Ata do Copom diz que cenário não permite hipótese de cortar juros

Demanda tem recuo recorde e deve agravar queda do PIB em 2016

O recuo de 1,7% da atividade econômica no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores, feitos os ajustes sazonais, veio ainda pior que o apontado pela média de projeções coletadas pelo Valor Data, de ­ 1,3% e provocou uma série de revisões nas previsões para o Produto Interno Bruto (PIB) deste e do próximo … Continuar lendo Demanda tem recuo recorde e deve agravar queda do PIB em 2016

Respostas à altura da crise

Com frequência se diz por aí que nunca se viu situação econômica tão ruim quanto a atual. Discordo. Entre 1982 e 1993, a “década perdida” do caos da hiperinflação e da moratória externa, o Brasil amargou queda na renda por pessoa de cerca de 1% ao ano! Mas o Brasil vive hoje sim uma crise … Continuar lendo Respostas à altura da crise

Poder de compra das famílias deverá retroceder 5 anos

Diante do desempenho desfavorável dos principais condicionantes de consumo das famílias, especialmente renda, emprego e crédito, é interessante o índice acompanhado na Tendências, que analisa essas variáveis sob perspectiva conjunta para captar da melhor forma possível o poder de compra das famílias e, consequentemente, tornar­-se um termômetro para o varejo no curto prazo. Os vários … Continuar lendo Poder de compra das famílias deverá retroceder 5 anos

Mercado já revê projeção para Selic

O tom mais duro do diretor de política econômica do Banco Central, Luiz Awazu Pereira, nas reuniões com economistas realizadas nesta semana parece ter convencido o mercado de que a autoridade monetária está determinada a buscar o centro da meta de inflação, de 4,5%, em 2016. Essa leitura reforçou as apostas na continuidade do ritmo de aperto monetário … Continuar lendo Mercado já revê projeção para Selic

Inflação, o inimigo comum do Brasil e da Rússia

Anos de desilusão econômica colocaram Brasil e Rússia em rota de colisão com um velho inimigo: a inflação. Em 2001, os dois países foram incluídos, juntamente com Índia e China, num bloco batizado de “BRICs”, a famosa sigla criada por Jim O’Neill, ex-economista do banco Goldman Sachs, para um grupo de novas potências econômicas. Passados 14 … Continuar lendo Inflação, o inimigo comum do Brasil e da Rússia

Alta do juro não acabou

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central procurou transmitir a mensagem, em ata de sua ultima reunião, divulgada ontem, que os resultados no combate ao avanço de preços na economia são insuficientes e que ainda existe trabalho a ser feito pela política monetária. O mote da autoridade monetária é manter a "determinação" e "perseverança". O Valor apurou que, na … Continuar lendo Alta do juro não acabou

Levy quer atrair recursos de fundos de pensão estrangeiros para infraestrutura

O aumento da longevidade da população das economias desenvolvidas está gerando uma forte demanda por ativos de longo prazo por parte dos fundos de pensão e investidores institucionais em geral. Ao analisar esse aumento da demanda, o Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, acredita que os fundos de pensão de algumas das maiores economias de mercado, … Continuar lendo Levy quer atrair recursos de fundos de pensão estrangeiros para infraestrutura