Escândalos de corrupção e crise econômica forçam empresas a melhorar governança

Em 2016, a régua que mede a exigência da governança corporativa dentro das empresas subiu e tornou inaceitável o "jeitinho brasileiro" na condução dos negócios. A grave crise econômica que abalou a capacidade das companhias em investir ou honrar seus compromissos financeiros, aliada às investigações que revelaram dezenas de casos de corrupção ao longo do … Continuar lendo Escândalos de corrupção e crise econômica forçam empresas a melhorar governança

Governança jurídica e compliance para saúde

As práticas de governança jurídica têm se mostrado como um mecanismo eficaz para a sobrevivência empresarial, especialmente nesses tempos de crise econômica, bem como para o desenvolvimento de qualquer negócio. Embora o assunto seja primordial, ainda é pouco compreendido e assimilado na prática. Facilitando esse processo, tem sido amplamente divulgado o sistema de gestão de … Continuar lendo Governança jurídica e compliance para saúde

Busca de empresas por consultoria para combater fraudes cresce no País

A Operação Lava Jato trouxe à tona a necessidade de empresas terem departamentos estruturados para mitigar riscos relacionados a fraudes e corrupção nos negócios com a administração pública. Isso porque, com a promulgação das leis de prevenção à lavagem de dinheiro (n.º 12.683) e a de combate à corrupção (n.° 12.846), ficou mais claro que … Continuar lendo Busca de empresas por consultoria para combater fraudes cresce no País

BM&F Bovespa detalha plano para estatais

A BM&F Bovespa detalhou seu Programa de Governança para Estatais após audiência restrita com diferentes entidades do mercado, incluindo companhias de capital misto, União e Estados da confederação. A bolsa propõe uma adesão voluntária por parte das empresas. O programa terá duas categorias, sendo a primeira com 26 medidas obrigatórias e a segunda com seis … Continuar lendo BM&F Bovespa detalha plano para estatais

Empresas buscam ‘fiscais internos’ para monitorar riscos

Estadão - Três áreas ligadas à governança corporativa terão forte demanda por profissionais especializados neste ano: fiscalização da operação, adequação à legislação vigente (compliance) e gerenciamento de riscos. A perspectiva é de recrutadores consultados pelo Estado. Segundo os executivos, esses ramos de atuação são fundamentais para atrair novos investimentos e consolidar a reputação das empresas e, por isso, … Continuar lendo Empresas buscam ‘fiscais internos’ para monitorar riscos