Dona da Amil paga R$ 3bi à Fiord para se desfazer de planos individuais, dizem fontes

O grupo de saúde americano vai pagar essa cifra para a empresa assumir uma carteira com cerca de 370 mil usuários de São Paulo, Rio Janeiro e Paraná — que é extremamente deficitária

A UnitedHealth, dona da Amil, fechou acordo de cerca de R$ 3 bilhões com a empresa Fiord, especializada em reestruturação financeira, para se desfazer da carteira de planos de saúde individual da operadora, segundo o Valor apurou. Por essa transação, o grupo de saúde americano vai pagar essa cifra para a empresa assumir uma carteira com cerca de 370 mil usuários de São Paulo, Rio Janeiro e Paraná — que é extremamente deficitária. O negócio envolve ainda quatro hospitais da Amil situados em São Paulo e Curitiba, que são os mais utilizados por esses beneficiários. Deste valor, cerca de R$ 800 milhões referem-se à reserva técnica, que precisa ser depositada como garantia, conforme regras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A outra parte é uma compensação para a Fiord gerenciar a carteira que dá prejuízo e vem impactando negativamente os resultados da operadora.

Em 2019, a taxa de sinistralidade da carteira de individual girava na casa dos 100%, sendo que para ser lucrativa precisa ficar em cerca de 75%. Procurada pela reportagem, a UnitedHealth informou que não comenta rumores de mercado.

Fonte: Valor Econômico