Porto Seguro propõe aumento de capital e pode dobrar papéis em circulação

abstract bright colorful cover

Segundo a empresa, o aumento será feito por meio da capitalização de reservas de lucros.

A Porto Seguro informou por meio de fato relevante que o conselho de administração aprovou a submissão à deliberação da assembleia geral de proposta de aumento de capital da companhia no valor de R$ 4 bilhões. Segundo a empresa, o aumento será feito por meio da capitalização de reservas de lucros. Com isso, haveria a bonificação de ações aos acionistas. De acordo com a Porto, seriam bonificadas 323.293.030 de novas ações ordinárias e sem valor nominal, que seriam distribuídas aos acionistas na proporção de uma nova ação para cada ação de que forem titulares na data da assembleia geral.

Conforme o grupo, “o aumento de capital social tem por finalidades a adequação da estrutura de capital da companhia à sua realidade e perspectivas, e a contribuição para uma liquidez ainda maior das ações no mercado”. A assembleia que vai avaliar a proposta ainda será convocada e não há data definida. A Porto pondera que o aumento de capital com bonificação de ações irá dobrar o número de ações em circulação da companhia. Diante desse efeito, a administração “deixou de considerar a convocação de assembleia geral para deliberar sobre o possível desdobramento das ações, conforme havia sido noticiado no Fato Relevante divulgado em 17 de maio de 2021”.

Fonte: Valor Econômico