Plano de equacionamento de 2015 da Funcef terá início em 20 de julho

RIO – O plano de equacionamento de 2015 da Funcef, fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal, será iniciado em 20 de julho, informou a fundação nesta quarta-­feira. Os participantes e a patrocinadora já fazem contribuições adicionais diante dos resultados de 2014. Ainda há a possibilidade de um terceiro plano de equacionamento, disse o diretor da entidade Carlos Vieira, ao Valor, em recente entrevista.

Quanto ao equacionamento de 2015, a entidade e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) firmaram um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), que estabelece o cronograma para elaboração e aprovação do plano. Ainda segundo Vieira, com o equacionamento de 2015, as contribuições dos participantes da Funcef devem ser, em média, aproximadamente 11% dos salários e das aposentadorias.

Na modalidade Saldada, os descontos da taxa extraordinária de 7,86% devem começar em 20 de julho e terão duração de 11 meses. O plano já passou pela diretoria-­executiva e conselho deliberativo da Funcef, e aguarda apreciação da Caixa, o que deve ocorrer até o fim do mês, segundo a entidade.

No caso REG/Replan Não Saldado, o equacionamento deverá ser feito até outubro, a data-­limite do TAC. “O cronograma será mais extenso porque se trata do primeiro equacionamento desta modalidade e as discussões ainda estão sendo tratadas nas instâncias internas, da Caixa e de órgãos de controle, etapas contempladas no TAC”, disse a entidade, em nota.

Fonte: Valor Econômico