Total de exames feitos por usuários de planos sobe 20,8% em 2016

 

SÃO PAULO – Mesmo com a redução de 1,5 milhão de usuários de planos de saúde no ano passado, o número de exames e consultas aumentou no período, na comparação anual. Segundo a FenaSaúde, entidade que representa as seguradoras na área, foram realizados 917 milhões de exames em 2016, o que representa um aumento de 20,8% em relação a 2015.

O volume de consultas médicas cresceu 12,7%, para 301 milhões. A quantidade de procedimentos veio acompanhada do aumento de preços.

“Para comprovar a pressão de custo que atinge o setor, um exemplo é o teste ergométrico computadorizado, precificado em média em R$ 241,26. Em 2016, foram realizados mais de 3,8 milhões desses exames, aumento de 8% na comparação com 2015. Somente este crescimento (268 mil exames) representa um custo estimado de R$ 65 milhões nas despesas das operadoras”, diz Solange Beatriz Palheiro Mendes, presidente da FenaSaúde.

Na última sexta­-feira, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou que o reajuste dos convênios médicos individuais neste ano será de 13,55%. Há no mercado cerca de oito milhões de usuários de planos individuais.

Fonte: Valor Econômico